FAQ DROPE: Mairimashita! Iruma-kun?

Com diversos capítulos sendo atualizados pela DROPE, vale a pena ler esse mangá?

SINOPSE:

Iruma é um bondoso garoto de 14 anos que desde seu primeiro ano de idade foi largado pelos seus pais no mundo para sobreviver. Devido a sempre se meter em problemas, não importa o que aconteça, ele aceita e tenta superar o desafio, um por um. Aos 14 anos, Iruma foi vendido pelos seus pais para um demônio, que à primeira vista parecia amedrontador e terrível, mas isso logo some quando ele mostra sua verdadeira personalidade, um demônio velinho que só queria um neto, para poder gabar-se para os outros. Então, o demônio pede para Iruma se tornar seu neto, o qual não consegue recusar o pedido. Além de se tornar neto do demônio, este ainda faz com que Iruma participe da clamada Escola de Demônios Babirus. Logo Iruma descobre que seu ”avô” é o diretor da escola e que todo mundo espera que ele se torne o próximo Rei Demônio. No começo, Iruma tenta não se destacar muito entre seus colegas, mantendo um estilo de vida mais reservado, mas isso é mais difícil do que parece. Com o passar do tempo Iruma encontra novos amigos (Asmodeus Alice e Clara) e passa por novas situações, e assim continua a desastrosa vida de Iruma nessa escola de demônios cheia de surpresas!!!

 

MANGÁ E EQUIPE:

O mangá tem um total de 105 capítulos publicados até o momento, sendo publicados pela Shounen Champion (A mesma que publica Grappler Baki, Rokudou no Onna-tachi, Beastars, Black Jack, entre outros). O autor da obra é Osamu Nishi, o qual só fez um mangá além do Mairimashita, o qual não recebeu tanta atenção nem foi adaptado em anime. A nossa equipe da DROPE retomou a publicar esse mangá no dia 09/03/20, com a publicação o capítulo 37 e nesses dois últimos meses já publicaram mais 17 capítulos da série, chegando até o capítulo 53, volume 7. Os exemplares membros que estão trabalhando nessa série são:

  • Na tradução, temos o Kiel, que fala das dificuldades do projeto e sua experiência na Drope;

O mangá é divertido de traduzir, gosto muito dele, porém a tradução disponível nos sites gringos não é das melhores e isso dificulta a minha tradução, já que muitas vezes tenho que buscar alguma frase na versão japonesa para encaixar melhor no contexto. É complicado, mas quero deixar na melhor qualidade possível.

Já tive participação em vários projetos da Drope, mas os que estou fixo até então é Dragon Claw, Fairy’s Armament, The Descent of the Demonic Master, entre outros. Fui eu quem trouxe o projeto Spice and Wolf na Drope, o qual já foi finalizado e é um dos meus mangás favoritos. Tirando esses projetos, na Drope já participei em outros como, Dr Stone, First Rate Master, Onii-chan wa Oshimai e Rokudou no onna-tachi. Fui responsável por traduzir alguns oneshots como, Final Girl e Layla’s Great 3 AM Adventure.

  • Na revisão, cuidando dos erros de português, temos o Dove;

Bom, antes de mais nada, deixe-me apresentar-me. Prazer, Will (o “Sr.Dove” da scan, também conhecido como sabonete ou o revisor doido) . Já revisei vários projetos “famosos” para a scan. Uns foram mais fáceis, outros foram mais difíceis. Dentre os que peguei, tem 3 que gostei bastante de ajudar. Eles são: Mairimashita! Iruma-Kun?; Gofun go no sekai e Yakushoku Distpiari. Entrei na scan com o propósito de saber como era feito uma tradução de mangá e para melhorar meu português (Tinha um cara que não acreditava que eu entraria na scan… Ha ha, ainda bem que ele estava errado!). Já deve fazer mais ou menos 1 ano que estou na scan. E sou muito grato a Mell por ter me aceitado. Tive/estou tendo várias experiências novas e ótimas aqui.

  • Já Malukino, um dos Editores, cita a rigidez e diferença entre a produção de Iruma e seus projetos;

Iruma é diferente dos outros projetos que participei como Darling ou Makikonarete, por ser mais rigoroso. Já que os capítulos de Darling saiam semanalmente, era num ritmo parecido do de Iruma, mas Makikomarete saia mensalmente, então podia relaxar e editar tranquilamente, com pausas. O Dartin pega muito no nosso pé para que a gente traga rápido, mas sempre com qualidade. Para você ter uma noção, o último capítulo que eu editei, o 51, passou 3 vezes pelo QC, por erro de type e fonte ou por me perder na edição.

  • Acompanhando Malukino nas edições, temos a verdadeira Maga dos redraws, a Thata;

O projeto é bem divertido com uma história louca, a tradução estrangeira não é muito boa, com muito texto para caber em balão pequeno, com redraws absurdamente complicados e precisos, o qual é um dos motivos pelos quais o projeto demora tanto para sair. Antes de Iruma eu fazia Spice and Wolf, o qual foi um dos meus primeiros mangás que eu editei.

  • Por último, mas não menos importante dos editores, temos Tsuki, aquele que é realmente apaixonado por trazer o type certo para a emoção do leitor;

Eu considero o projeto muito puxado, mas recompensador principalmente no type, por mais que seja muito diferente de qualquer outro. Nós tentamos trazer para os balões do mangá o sentimento de cada personagem, sem que você tenha que ouvir a voz do personagem. Nós queremos que o leitor se sinta emocionado lendo um balão que carregue o ânimo ou até a raiva de um personagem, por isso grande parte do trabalho de type é achar fontes especificas para cada balão, cada situação, para que a gente consiga transmitir todo o sentimento do personagem. Devo dizer que é um trabalho cansativo, mas ninguém se arrepende quando você vê o resultado final.

  • Como supervisora temos a Layeb, a qual verdadeiramente sente prazer ao fazer parte da Staff e desse projeto, certificando-se sempre de que o próximo capítulo estará nos conformes;

Sobre Mairimashita: Desde o dia em que ele foi apresentado para a staff dava para perceber que seria um projeto especial, por ter um lado cômico brilhante enquanto trata de assuntos sérios como abandono afetivo, bullying, troca de escola. Adoro o projeto e é um prazer fazer parte da staff, amo o projeto. A maior dificuldade por um momento foi a edição, mas com o novo padrão e orientações do Dartin tudo ficou mais organizado, agora a preocupação é a qualidade da tradução inglesa já que precisamos com frequência confirmar com a raw japonesa para não enviar uma tradução errada, visto que a gringa já trocou de scan umas 3 vezes, o que trouxe algumas dificuldades, como adaptações e mudanças na nomenclatura dos personagens. Para mim é um prazer fazer parte da Drope Scan, participar da criação de algo que eu gosto.

  • Sendo um exemplo a ser seguido na Scan, temos o supervisor chefe Dartin, o qual participa em todas as etapas do projeto e coordena a equipe para agir de forma eficaz;

Então, como está acontecendo a supervisão do mangá do Mairimashita! Iruma-kun?

Está agora meio que progredindo bem. Ela patinou bastante nas primeiras semanas nas quais comecei a aplicar um padrão de qualidade altíssimo e uma melhora a longo prazo, e por essas semanas estamos colhendo resultados muito bons. Espero no futuro não ter dedo quase nenhum meu no projeto mais e deixar minha equipe cada vez mais bem capacitada.

Todo mundo está trabalhando certinho?

Antes tudo era uma bagunça desordenada, desde a inconstância e amadorismo na tradução ao descaso na edição, onde o projeto estava jogado às traças e já estava bem atrasado em relação ao anime que para piorar rushou bastante a obra. Mas por agora a tradução e revisão correm bastante bem e a nossa real dor de cabeça é a gigante dificuldade de redesenhar as vezes metade de uma página em certos capítulos, o que parabenizo muito minha equipe de editores pela paciência de ouro nisso.

 

  • Dificuldade do redraw (motivo para demorar mais do que o usual para sair novos capítulos):

 

  • Então se você tiver gostando do mangá, que tal entrar no discord e elogiar o trabalho desses guerreiros (✿╹◡╹) !

 

ANIME:

O Mangá foi adaptado em um total de 23 episódios transmitidos ao longo de 6 meses, pelo estúdio da Bandai Namco Pictures, o mesmo que fez algumas temporadas de Gintama, trazendo uma comédia sem igual para os espectadores. Além da comédia, o romance desse anime é muito bom, bem construído, com personagens belíssimas e um design um tanto incomum. A ending do anime por si só já é um grande spoiler das garotas que terão algum envolvimento amoroso com o Iruma (Clara Valac, Amelie Azazel, Kerori Crocell e Elizabetta IX). A primeira temporada adaptou até o capítulo 54 do mangá, para caso você queria continuar a história a partir do mangá. Uma segunda temporada foi anunciada para abril de 2021 pelo mesmo estúdio. Iruma não é um projeto em que se aplicou 100% confiança do início ao fim e que só era uma mera aposta no mercado, e para caso ele não tivesse tanta esperança assim resolveram cortar algumas minis sagas na obra ou tirar alguns elementos extras que fazem e muito diferença no mangá. Tanto que no teaser da 2° Temporada que foi anunciado acabou que geraram uma enorme expectativa em um Iruma Bad-boy e ignoraram a saga onde trabalha a Presidente do Conselho, a Ameri.

CONCLUSÃO:

Se você não acompanhou esse anime enquanto estava lançando, então eu sugiro que você leia o mangá, para uma história mais completa (个_个). De qualquer forma, ambos o anime e o mangá saciarão a sua vontade por uma história de fantasia escolar em um mundo de demônios, repleta de comédia e personagens bem trabalhados, agregando várias expressões faciais cômicas muito bem desenhadas, com uma pitada de romance, além de situações inesperadas a cada momento, que vão tirar o seu fôlego!!

 

Espero que você tenha gostado,

Pedro ”moonlight”.